Pensar para existir

Hoje, assisti a uma entrevista do psicólogo Contardo Calligaris, na qual ele diz que contar histórias é uma forma de auto análise. Ao ouvir isso, pensei prontamente no blog. Ao relatarmos nossa trajetória no programa de trainees, estamos analisando e destacando pontos que consideramos marcantes.

Esse mesmo processo pode ser transferido aos projetos, quando é necessário destacar os marcos críticos, estamos contando o que esperamos da trajetória do projeto. Portanto, o planejamento também é uma forma de externar nossas expectativas. Quando fazemos isso, torna-se mais fácil traçar uma estratégia para alcançar os objetivos. Logo, percebe-se que estabelecer metas é o primeiro passo para alcançá-las.

Confira abaixo a entrevista com Contardo Calligaris:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s