Empreendedorismo x Cultura

Outro dia estava lendo um artigo do filósofo Hélio Shwartsman, cujo título é “A democracia é para todos?”, no qual o articulista questionava se o sistema democrático seria compatível com todas as culturas.

Hoje, eu estava postando algumas fotos que fiz no terceiro rodízio que realizei no Sebrae/AP e lembrei que ao visitar uma comunidade nativa lá, eu fiquei com um questionamento similar: o empreendedorismo é para todos?

Em algumas culturas, não há uma mentalidade empresarial. Muitas comunidades indígenas são focadas na conservação da cultura e na repetição das tradições. Nesse contexto, projetos do Sebrae com esse público acabam não tendo seguimento. Se pensarmos que o empreendedorismo tem uma relação com uma atividade com foco no mercado, perceberemos que há um choque de culturas.

Não cheguei há uma resposta para o meu questionamento, mas acho que essa experiência ampliou minha visão sobre as dificuldades para atuação do Sebrae em áreas de grandes reservas indígenas. Eu passei a procurar mais subsídios para tentar pensar uma forma de atuação com esse público.

Anúncios

Um pensamento sobre “Empreendedorismo x Cultura

  1. Realmente, é uma reflexão interessante. Como trabalhar com eles sem pecar no antropocentrismo? De qualquer forma, é um problema que precise de respostas, mesmo que parciais, já que a maioria dos indígenas acabou se inserindo na sociedade brasileira, o que vale dizer, no mercado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s