Sorria, você está sendo compartilhado!

A internet é um ambiente que permite que com inovação, ousadia  e qualificação se concorra com o poder monetário das grandes empresas. Velhos modelos tem pouca efetividade na web e quem domina os novos modelos são pessoas que pensam de forma diferente da lógica convencional.

Um bom exemplo de como modelos antigos parecem pesados no ambiente online, são os perfis criados nas redes sociais na época da eleição. Muitos políticos, para aparentar modernidade, se afundaram e viraram motivo de chacota por tentarem reproduzir na rede o modelo de panfletagem que utilizam nas ruas.

Muito se fala do sucesso de Obama nas redes sociais. Porém, poucos vão a fundo para entender qual a postura que a equipe do candidato democrata adotou para cativar as pessoas. Para mim, a estratégia deu certo por um motivo específico: a equipe se preocupou em oferecer plataformas e deixar que os próprios internautas criassem o conteúdo.

Uma das grandes sacadas na minha opinião, e que ilustra bem como aproveitar o poder de compartilhamento para agregar valor, foi o site “Design for Obama”. Nele, as pessoas podiam criar e postar cartazes sobre Obama, o que ajudou a aproximar e a humanizar mais a imagem do atual presidente americano. Você pode conferir alguns dos resultados dessa experiência clicando aqui.

É fácil apontar os erros, mas é bem mais difícil adotar a postura de abertura e compartilhamento. Vivemos por muitos anos em um modelo que pregava a propriedade da informação como um valor basilar. É a velha história de “informação é poder”. Esse paradigma explica porque o Congresso reluta tanto em abolir o sigilo eterno para documentos governamentais. Porém, essa é uma batalha perdida, e o Wikileaks, site especializado em compartilhar documentos secretos, está aí para mostrar isso.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Sorria, você está sendo compartilhado!

  1. O Wikileaks é a ponta do iceberg, ou melhor, uma prévia da revolução do compartilhamento que está chegando. O modelo egoísta não funciona mais, tem que se misturar, se envolver senão “num rola”. Compartilhe ou fique de fora.
    Como diz a música dos tribalistas: “Eu sou de todo mundo e todo mundo é de ninguém.”

  2. Só de pensar que o governo está discutindo a divulgação dos documentos secretos…. affe
    Gostei da campanha da Marina Silva tbm, foi bacana e usou os potenciais da internet.
    Abraços pedrin

    • Lorezita, também gostei da campanha da Marina. Porém, acho que ainda foi bem tímida. A internet proporciona coisas tão legais, né? contudo, eu gostei muito do lance da campanha “Casa de Marina”.

      Beijos e obrigado pela visita. Você é muito bem vinda por aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s