Contra a ditadura do vestibular

Você já imaginou estudar quase dez anos para uma prova?

Se eu dissesse a você, raro leitor, para estudar oito anos, quatro horas por dia, para realizar uma prova, possivelmente você não acharia uma proposta muito tentadora, certo? Pois é isso que significa, em sentido lato, o vestibular.

Claro que o título deste post é um pouco exagerado, mas, se considerarmos que a partir do 6º ano do ensino fundamental o estudante já começa a ser treinado para fazer esta prova, um aluno passará quase uma década estudando diversas matérias que, na maioria das vezes, não possui conexão com seu dia a dia, e só servem de subsídio para uma única prova.

O vestibular é um sistema cruel de seleção porque dita o foco dos ensinos médio e fundamental. Esse efeito é, na minha opinião, uma amostra de como nossa educação forma empregados e não empreendedores, pois cria-se uma pressão social para que o aluno só pense no vestibular e tolhe outras ideias inovadoras e empreendedoras. O pior é que o estudante não tem outro modelo para escolher.

Essa modalidade de ingresso em faculdades também acaba de certa forma desprezando o histórico do aluno. Por vezes, estudantes que conseguiram boas notas durante toda a trajetória escolar acabam não conseguindo uma vaga nas universidades, porque, no dia da avaliação, ficaram nervosos. Dessa forma, eles são obrigados a esperar às vezes até um ano para uma segunda chance, em um processo que gera um alto nível de estresse e afeta a autoestima do aluno, que se sente incompetente.

O vestibular também potencializa as expectativas familiares, o que deixa o jovem ainda mais ansioso, tornando demasiadamente penoso uma eventual reprovação no teste.

Para mim, a forma mais justa de seleção seria selecionar os estudantes de acordo com o seu desempenho durante sua trajetória escolar. Assim, em cada ano o aluno iria acumulando pontos. Em consequência, todos as séries seriam valorizadas de forma equânime.

É claro que para aplicar esse sistema é necessário uniformizar mais o ensino no país, mas é um caminho que vai gerar mais qualidade no ensino e possibilitar que o estudante enxergue em um horizonte mais próximo o benefício de se dedicar aos estudos.

Anúncios

7 pensamentos sobre “Contra a ditadura do vestibular

  1. Caro Pedro,

    bom dia!
    Parabéns pelo post. É preciso discutir de o vestibular, pois todo o sistema de ensino está “amarrado” a ele. E a meu ver uma forma de seleção que mascara as injustiças causada pelas desigualdades reais entre os concorrentes.

    Abraços e tudo de bom,

    • Caro professor Ozaí, primeiramente, obrigado pela visita! Concordo pelnamente com o senhor, o vestibular mascara desigualdades e causa uma falsa impressão de isonomia do processo de seleção. No fundo, ele acaba fazendo um corte de classe nítido.

      Abraços e muito obrigado pela visita! Volte sempre. Você sempre bem vindo!

      • Excelente post! Esse maldito vestibular disvirtua a cabeça dos alunos, diminuindo importancia do estudar. O conhecimento da escola não se aproveita na vida. Tudo se vira em torno de uma prova. Depois que faz essa prova…estudar pra quê? Para passar na prova da faculdade…e formar. Para adquirir cultura e tornar o mundo um lugar melhor passando seu conhecimentos para outros? Alguns ainda conseguem seguir esse caminho, não passaram no vestibular.

  2. Hi Valadares,

    Primeiro, obrigada por participar do sorteio do meu blog 🙂 Deixei uma resposta pra vc lá… hehehe
    Segundo, mais um gol de placa esse post!
    Você já percebeu que TODOS os problemas do ensino fundamental e médio desembocam na faculdade??? Enquanto não existir uma reforma total na maneira de gerir o ensino no nosso país, continuarão os problemas de sempre: sistema injusto de ingresso, pessoas se “formando” em nada, maus profissionais, enfim… o problema está na base…e isso… bom, daí já daria outro post. Tem a ver com a inércia oportuna de nossos governantes. Saudades do Cristovam Buarque.
    abçs

    • Hi Angel! Concordo com você! O problema é a desvalorização da educação de base. O vestibular direciona demais o ensino e acaba desvalorizando cada etapa do desenvolvimento do estudante.

      Abraços e volte sempre! Sua participação sempre torna as discussões muito mais produtivas!

  3. Achei muito legal esse post. Eu estou na fase de vestibular, é muito difícil você tentar ser bom matérias pra passar nessa prova. Principalmente quando você sabe que não vai usar quase nada do que você aprendeu na escola. Realmente o vestibular é uma ditadura, que dita o que deve ser ensinado nas escola, sem se preocupar com as diferenças que existe entre cada um. Espero que um dia isso mude. Temos que sair desse conformismo de pensar que “ai, o vestibular está, não podemos fazer nada.” Acho que podemos mudar sim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s