O que o Barcelona pode ensinar ao mundo corporativo

Todos ficaram admirados com a exibição do Barcelona na final do Mundial de Clubes do último domingo, quando o time catalão goleou o Santos por 4X0. Entendo que as qualidades esportivas da equipe já foram bem destacadas por vários especialistas. Gostaria aqui de mostrar as lições que o Barça pode ensinar ao mundo corporativo.

1 – Estratégia bem definida

O Barcelona sabe exatamente o que fazer, qual o melhor caminho para colocar seu esquema de jogo em ação, qual a função de cada jogador e o que fazer em cada situação. No domingo, quando o Santos pressionou, o time não perdeu o controle, tocou a bola e esperou os espaços aparecerem.

2 – Formação de talentos

O Barcelona possui uma filosofia de jogo que valoriza  a posse de bola. Essa forma de jogar é ensinada desde as categorias de base e os jovens estão sempre em ação jogando pelo Barcelona B na 2ª divisão espanhola e, muitas vezes, tem chances de disputar partidas pelo time profissional. Por isso, que, em certo momento da decisão do Mundial, nove dos onze jogadores em campo eram formados no próprio clube. Essa clareza no estilo da equipe também facilita na hora de buscar reforços, pois o clube passa a conhecer melhor o perfil do atleta que ele deseja. 

3 – Retenção de talentos

Um grande desafio enfrentado por muitas empresas é a retenção de talentos. O Barcelona proporciona um ambiente tranquilo para que os jogadores possam ter mais qualidade de vida. Um exemplo, enquanto o time do Santos estava concentrado sem poder ver os familiares, os jogadores catalães puderam dormir com suas esposas e sair para passear na véspera do jogo. Alguém imagina que o Barça tenha que armar um esquema milionário para segurar Messi no time como o Santos fez para não perder Neymar?

4 – Paciência e clareza de objetivos

Esses dois aspectos devem sempre andar juntos. Se sua empresa tem uma meta clara e um planejamento sólido, vai conseguir superar momentos de dificuldade e retomar o caminho do sucesso. Em 2009, o Barcelona perdeu a semifinal da Liga dos Campeões para a Inter de Milão. Na época, todos diziam que José Mourinho, técnico do time italiano, tinha encontrado o antídoto para o jogo da equipe espanhola. Hoje, quem ainda sustenta essa tese? Muitos diziam que o time havia perdido por privilegiar o bom futebol e não ser competitivo e parte da imprensa pediu a saída do técnico Guardiola. Porém, a direotria acreditou no trabalho de longo prazo e agora colhe os resultados.

5 – Importância do treinamento contínuo

Antes da final contra o Santos, o técnico do Barcelona assistiu 20 horas de vídeos de jogos do time praiano. Dessa forma, ele pode conhecer muito bem seu concorrente, analisar seus pontos fortes e evitar que ele explorasse as fraquezas de seu time. Essa é, na minha opinião, a lição mais valiosa. Algumas vezes, como na semifinal entre Santos e o time japonês, o talento individual sozinho resolve. Porém, para apresentar aquele espetáculo de jogo coletivo, com troca de passes precisa e troca de posições constante, é preciso praticar muito.

Essa lição o Barça aprendeu na derrota contra a Inter. Em entrevista ao jornal El País, o meia Xavi disse que, na decisão contra o Internacional, faltou alguém que cobrasse mais empenho nos treinamentos e muitos jogadores acabaram ficando acomodados. Desde aquele jogo, o time passou a dar mais ênfase também à preparação física e à consistência tática, deixando o talento de Messi e companhia como cereja do bolo.

6 – Inovação

Por fim, destaco um último aspecto: a inovação. O Barcelona tem um jeito único de jogar, um esquema tático que anula o time adversário e garante excelentes resultados. O melhor é que esse estilo de jogo está em constante evolução. Basta comparar o Barcelona de Ronaldo Fenômeno, de Rivaldo, de Ronaldinho Gaúcho e de Messi. Você verá claramente que o time vai se aprimorando a cada ano e agregando mais uma forma nova de se armar. Na final contra o Santos, Guardiola montou o time sem nenhum centroavante, com vários jogadores de meio de campo cumprindo esse papel. Isso dificultou muito a marcação do time brasileiro que acabou perdido em campo. Quem inova estará sempre um passo a frente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s