Oito habilidades que empreendedores podem aprender com Jay-Z

Por Li Zhou

Tradução Pedro Valadares

Quando perguntaram ao co-fundador  do site Reddit, Alexis Ohanian, quais eram seus modelos de empreendedor, ele evitou apontar alguém do ramo de tecnologia. Em vez disso, ele destacou um empresário icônico que ele admirava: Jay-Z.

“Há pessoas que têm realizado muito mais coisas que eu, que coloca em perspectiva o quão pouco eu realmente tenho feito e quanto mais quero fazer”, disse Ohanian.

Com um patrimônio estimado de 475 milhões de dólares em 2013, o sucesso de Jay-Z tem sido alimentado por um domínio não só da indústria fonográfica, mas por uma miríade de negócios. Fazer mais, ser mais e ver mais são temas comuns que marcam a carreira multifacetada de Jay-Z como estrela do hip-hop, executivo de moda e magnata do entretenimento.

Jay-Z canta exatamente isso na música “Diamonds From Sierra Leone” de Kanye West: “I’m not a businessman, I’m a business, man!” (“Eu não sou um cara de negócios, eu sou um negócio, cara!”)

Aqui está o que cada empresário – de tecnologia ou não – pode aprender com Jay-Z:

1. Pense como um traficante

1

Antes de Shawn Carter tornar-se Jay-Z, ele estava vendendo drogas aos 12 anos em  Marcy Project, uma área tensa no bairro Bedford-Stuyvesant, no Brooklyn.

Mesmo que seus dias de traficante tenham ficado para trás, as habilidades que Jay-Z aprendeu durante esse tempo se refletem nele como um homem de negócios. Zack O’Malley Greenburg, que escreveu o livro “Empire State of Mind: How Jay-Z Went from the Street Corner to the Corner Office”, disse à CBS:

“Uma das coisas que Jay-Z trouxe das ruas para a sala de reuniões foi a ideia de que ele não ia dar a ninguém descontos em nenhuma coisa. Se uma pedra de crack era vendido por US$ 10, você não conseguiria comprá-la por US$ 9,95 – mesmo se você fosse o seu melhor amigo. Esse comportamento é algo que ficou nele ao longo de sua carreira. Ele não aceitaria de ninguém menos do que ele achava que valia”.

“Sua experiência o preparou de outra maneira, também: Quando você está acostumado a operar sob a intensa pressão das ruas, onde nada pode dar errado e sua vida está em jogo, entrar em uma sala de reuniões com um bando de caras de terno é muito menos intimidador”.

Jay-Z escreve em seu livro “Decoded”: “Quando me comprometi com uma carreira no rap, eu não estava tomando um voto de pobreza. Eu vi isso como outra atividade, que aconteceu de coincidir com os meus talentos naturais e com a cultura que eu amava. Eu era um traficante ansioso e um artista relutante. Mas a ironia da situação é que, para ser um bom traficante, realmente bom, em longo prazo, você tem que ser um verdadeiro artista também”.

2. Crie suas próprias oportunidades

2

Para Jay-Z, o sucesso não foi apenas saber aproveitar as oportunidades que já existem. Foi também saber criá-las. Quando começou a fazer rap, não havia gravadoras dispostas a contratá-lo, de modo que ele se associou com os amigos Damon Dash e Kareem Burke para criar sua própria gravadora, a Roc-A-Fella Records. Seu primeiro álbum independente, Reasonable Doubt, é considerado “um dos discos fundamentais do hip-hop”.

Poucos anos depois, ele cavou outra oportunidade para si mesmo na moda. Embora fosse um grande fã de empresa de vestuário italiana Iceberg Apparel, a marca não estava interessada em uma parceria. Jay-Z e Dash começaram sua própria marca, a Rocawear, que foi vendida por 204 milhões de dólares para o Iconix Brand Group.

3. Ignore as tendências

3

Todo empreendedor tem de saber por que está lançando um produto ou serviço específico. O que o torna diferente em comparação com a concorrência?

Jay-Z escreve em seu livro “Decoded”: “É sempre mais importante para mim para descobrir o ‘meu espaço’ ao invés de tentar descobrir o que todo mundo está fazendo, minuto a minuto A tecnologia está tornando mais fácil se conectar a outras pessoas, mas talvez mais difícil de se manter conectado a si mesmo – e isso é essencial para qualquer artista, eu acho”.

Bono, vocalista do U2, fala sobre a peculiarmarca de Jay-Z como empresário:

“Na música, nós amamos a idéia do artista ferrado e atacado. Aquele sangramento no sótão que cortou sua própria orelha. Jay-Z é um novo tipo de artista do século 21, onde o show não é apenas as 12 notas, as batidas e um dicionário de rimas que ele tem na cabeça. É comércio, é a política, o tecido do real e  a vida imaginada”.

4. Saiba que seu negócio é sua marca

4

Apesar de estar envolvida em tudo, de endosso a conhaque à produção de musicais da Broadway, Jay-Z entende como um empreendimento é algo pessoal. Em entrevista à revista Men`s Health, Jay-Z disse: “Minhas marcas são uma extensão de mim, elas estão perto de mim. Não é como ser diretor da GM, onde não há apego emocional … Meu negócio está relacionado com quem eu sou. As roupas são uma extensão de mim. A música é uma extensão de mim. Todos os meus negócios são parte da cultura, por isso tenho de me manter fiel a tudo o que eu estou sentindo no momento, em qualquer caminho que sigo. E  torço para que todo mundo me siga”.

O papel de um executivo-chefe hoje tem mais peso do que jamais teve, por isso é importante que os empresários realmente acreditem em seus produtos e serviços.

5. Saiba para onde o dinheiro está indo

5

“Jay-Z tem repetidamente provado a sua capacidade não apenas de saber onde está o dinheiro, mas para antecipar aonde ele vai – ou não – estar”, escreve Greenburg na Forbes.

A combinação de indução, instinto e o timing permitiu que Jay-Z construisse um poderoso, e em constante evolução, império que define tendências, em vez de segui-las.

Como um empreendedor, você deve saber o que é tendência em seu setor, mas você também precisa ser capaz de prever quando algo vai explodir.

Quando o preço dos ingressos para shows começaram a subir, Jay-Z assinou um contrato de 10 anos com a promotora de shows Live Nation por cerca de US$ 150 milhões.

6. Procure mentores

giphy Jay Z

Qualquer grande empresário sabe que você não pode fazer nada sozinho. Greenburg autor  do livro sobre Jay-Z contou à CBS:

“[Jay-Z] tende a escolher mentores, aprender tudo o que pode com eles e, em seguida, descartá-los e passar para um novo mentor. Desde cedo em sua carreira, você vê isso com Jaz-O e Damon Dash. Ele descartou mentores como estes e continuou se movendo para o ponto onde seus mentores são agora pessoas como Warren Buffett e Oprah”.

Empresários tendem a ser decididos e independentes, mas não importa como você é, você sempre pode ganhar mais conhecimento.

7. Diversifique seu portfólio

6

Os empreendimentos de Jay-Z abrangem um conjunto diversificado de interesses e setores, incluindo uma gravadora, linha de roupas, uma participação no time de basquete Brooklyn Nets (que ele já teria vendido), uma discoteca, uma vodka high-end, uma parceria com a Barneys New York e uma nova agência de esportes lançada em 2013.

Diversificar sua carteira é um dos mandamentos de negócios de Jay-Z, de acordo com Greenburg, que descreve essa estratégia como uma oportunidade para “fazer mais dinheiro em todos os momentos”.

Em mercados voláteis, todos os empresários devem pensar em várias maneiras de ganhar com seu negócio e sua marca. A pior coisa que você pode fazer é colocar todos os seus ovos em uma cesta e correr o risco de ter essa cesta destruída.

8.  Se não for entrar com tudo, nem entre (go big or go home)

7

Já se passaram quase 18 anos desde que Jay-Z lançou seu primeiro álbum com sua gravadora Roc-A-Fella. Sua perenidade foi resultado direto de movimentos de negócios inteligentes e uma busca incessante do que estar por vir.

Este legado também se deve à recusa de Jay-Z em renunciar ao seu sonho ao longo do caminho para o sucesso, não importa o que isso exigiu dele.

“Eu fui forçado a ser um artista e um CEO desde o início”, disse ele. “Quando eu estava tentando conseguir um contrato de gravação, era tão difícil conseguir por conta própria, que minha opção era desistir ou criar minha própria empresa”.

Leia o texto original AQUI

Anúncios

5 pensamentos sobre “Oito habilidades que empreendedores podem aprender com Jay-Z

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s